REGULAMENTO CONFIE

  • Financia 25% ou 50% da mensalidade;
  • Juros de 0,54% ao mês sobre a mensalidade vigente;
  • Carência: 06 meses após a conclusão de curso;
  • Processo seletivo semestral;
  • A renda mínima do fiador – R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais);
  • Possibilidade de utilização de dois fiadores para complementar a renda mínima de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais);
  • Período de amortização: igual ao período utilizado;
  • Pagamento de R$ 150,00 (cem e cinquenta reais) semestralmente de taxa administrativa.

 

Documentos necessários para o candidato e fiador:

1 – Ficha de cadastro do Acadêmico, devidamente preenchida e assinada;

2 – Cópia legível Cadastro de Pessoa Física (CPF) do acadêmico, fiador, bem como do respectivo cônjuge ou companheiro(a) do fiador;

3 – Cópia legível da Carteira de Identidade (RG) do acadêmico, fiador, bem como do respectivo cônjuge ou companheiro(a) do fiador;

4 – Cópia legível da Certidão de Nascimento ou de Casamento do fiador, atualizada (máximo de 90 dias).

5 – Comprovante de renda (contracheque ou declaração do contador com CRC (DECORE) e cópia da última declaração do Imposto de Renda), do acadêmico e fiador;

6 – Comprovante de residência atualizado do Acadêmico e do Fiador.

7 – Declaração de estado civil para o fiador solteiro, separado ou divorciado, com firma reconhecida (modelo a ser retirado na secretaria).

 

Não poderão prestar fiança nos contratos do CONFIE:

  1. Cônjuge ou companheiro(a) do estudante;
  2. Estudante beneficiário do CONFIE;

iii. Estudante que possua financiamento vigente pelo FIES;

  1. Aqueles que encontram-se inscritos em cadastro de restrição ao crédito;
  2. Aqueles com mais de 70 (setenta) anos, a não ser com autorização da direção geral das Faculdades Ponta Grossa.

Outras informações sobre a concessão do CONFIE:

  1. a) A não entrega dos documentos necessários para celebração do contrato, após decorrido 30 (trinta) dias da data do requerimento, será entendido como desistência da intenção de contratar, ficando o estudante impedido de requerer novamente a contratação do financiamento para o mesmo período letivo, podendo fazê-lo para os períodos letivos seguintes, podendo o Setor Financeiro lançar como débito do acadêmico a diferença não paga e não contratada pelo financiamento, podendo inclusive, após notificar o acadêmico inscrevê-lo nos órgãos de proteção ao crédito.
  2. b) O não comparecimento para assinatura do contrato e não devolução do mesmo, com assinatura reconhecida firma em cartório tanto do contratante, como do fiador, bem como de seu respectivo cônjuge/ companheiro, em até 7 (sete) dias após a solicitação de comparecimento no Departamento Jurídico, ou e de 2 (dois) dias úteis após a retira do mesmo, será entendido como desistência da intenção de contratar, podendo o Setor Financeiro lançar como débito do acadêmico a diferença não paga e não contratada pelo financiamento, podendo inclusive, após notificar o acadêmico inscrevê-lo nos órgãos de proteção ao crédito.
  3. c) O desconto de pontualidade somente será concedido para a parcela de mensalidade não financiada e será proporcional ao quanto foi financiado.
  4. d) A taxa de administrativa deverá ser retirada pelo acadêmico após a assinatura do contrato do CONFIE, o não pagamento da taxa administrativa, poderá ensejar a não renovação do contrato de financiamento para o semestre seguinte ao contratado.