Entenda como é feita a Avaliação Interna

Entenda como é feita a Avaliação Interna

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é responsável por realizar, semestralmente, o processo de avaliação interna das Faculdades Ponta Grossa. Aplicado pela internet, para participar é necessário acessar o site da instituição e responder ao formulário.

Ao longo do processo, são avaliados: ambiente de trabalho, infraestrutura, cursos/setores e coordenadores, docentes, turmas, assim como, os serviços prestados pelos setores de apoio.

É importante ressaltar que os dados de cada avaliador são mantidos em sigilo, visto que o sistema de avaliação da CPA não permite acesso aos nomes dos respondentes, apenas às médias de notas e os comentários gerais por seção avaliada.

No primeiro semestre, a avaliação envolve professores, técnicos administrativos e discentes, que avaliam a instituição como um todo. No segundo semestre de cada ano, a avaliação é realizada somente pelos acadêmicos, que atribuem notas aos professores e às disciplinas do curso.

De acordo com Márcia Abdala, coordenadora da CPA, “ao computar os resultados, nós conseguimos verificar o que está funcionando bem o que precisa ser aperfeiçoado. Os dados são encaminhados aos coordenadores de curso, à direção geral e aos gestores dos setores da Instituição que desenvolvem, no início de agosto, um relatório de melhorias com um plano de ação para os períodos subsequentes”, conta.

No final do ano a CPA solicita aos coordenadores e gestores de área o relatório das ações que foram efetivamente realizadas ao longo do período. “A CPA é responsável por todo o processo de avaliação interna da Instituição, como a aplicação da avaliação, tabulação dos dados, divulgação dos resultados, o acompanhamento das ações que devem ser efetivadas e o relatório final que é encaminhado, todos os anos, para o Ministério da Educação”, afirma Abdala.

Os dados coletados servem de base para relatórios voltados ao aperfeiçoamento da Faculdade. Nesse sentido, o papel de cada participante/avaliador é de grande relevância no processo de avaliação interna, visto que toda melhoria e investimentos feitos na Instituição, ocorrem com base nas informações obtidas nos formulários.